Alinhamento e balanceamento: Qual a diferença, como fazer e dicas.

Diferença entre balanceamento e alinhamento dos pneus
Vamos começar explicando a diferença entre balanceamento e alinhamento dos pneus, porque além de muita gente achar que é a mesma coisa, também tem quem confunda essas duas rotinas:

O Alinhamento serve para ajustar os ângulos dos pneus na suspensão, para manter eles paralelos entre si e perpendiculares ao chão. Você deve fazer o alinhamento dos pneus quando sentir que o carro está puxando para a direita ou para a esquerda ao invés de seguir em frente em linha reta quando você solta o volante. Outros sintomas que mostram que o alinhamento é necessário é o desgaste dos pneus de um lado só, e quando o pneu canta nas curvas.

O balanceamento é o equilíbrio entre as rodas e os pneus, e é necessário quando o volante vibra ou faz barulho quando você alcança uma certa velocidade.

Porque fazer o balanceamento e alinhamento dos pneus?
Como dissemos, fazer o balanceamento e alinhamento dos pneus é importante e ajuda a evitar problemas maiores no carro, mas como são coisas diferentes, eles influenciam coisas diferentes.

Quando você faz o alinhamento dos pneus, você está prevenindo o desgaste irregular deles, aumentando a vida útil dos pneus, o aumento do atrito do pneu com o chão, e o deslocamento irregular do carro. Isso gera economia no combustível, aumenta a segurança e melhora a dirigibilidade do carro.

O balanceamento dos pneus e rodas ajuda na estabilidade e condução do carro, e evita a perda de tração, direcionando os pneus para o ângulo certo e aumento o seu desempenho.

Quando fazer o balanceamento e alinhamento dos pneus?
Os especialistas divergem quanto à hora de fazer o balanceamento e alinhamento dos pneus. Enquanto uns acham que deve ser feito a cada 10.000 kilômetros, outros acham que não deve ser estipulado um tempo e observar a necessidade do carro. Na dúvida, veja o que é indicado no manual do seu carro e fale com o seu mecânico de confiança.

O balanceamento e alinhamento dos pneus podem ser feitos nas revisões periódicas do carro, e sempre que você notar sinais de que o carro está desequilibrado ou desalinhado (com desgastes nos pneus e trepidações no volante). Isso pode acontecer quando você troca peças da suspensão ou da direção, quando troca os pneus, ou quando bate num buraco.

Como fazer o balanceamento e alinhamento dos pneus?
Para fazer o balanceamento e alinhamento dos pneus você deve levar o carro no seu mecânico de confiança, que tenha os equipamentos para medir e ajustar os ângulos dos pneus e uma máquina de balanceamento, que pode ser estático ou dinâmico, ou seja, com a roda parada ou em movimento.

Dicas
Agora que você já sabe o que é, como fazer e porque fazer o balanceamento e alinhamento dos pneus, anote essas dicas:

- Faça o balanceamento e alinhamento dos pneus a cada 10.000 kilômetros, quando trocar os pneus ou sempre que achar necessário (pelos sinais que informamos que o carro apresenta de que é preciso);
- Faça a calibragem dos pneus toda semana, obedecendo os valores que a montadora informa no manual do carro. Isso vai diminuir os desgastes dos pneus e ajudar a balancear;
- Faça um rodízio nos pneus, trocando os pneus traseiros com os dianteiros, para equilibrar as atrições entre eles;
- Se você tiver batido forte com os pneus em um buraco ou calçada, por exemplo, pode ser necessário fazer a cambagem além do balanceamento e alinhamento dos pneus, que é o ajuste da inclinação da roda.

Fale conosco - Clique aqui